terça-feira, 3 de junho de 2014

Lado C Entrevista: Mattenie - Seja Você O Seu Deus

Saudações a todos, a entrevista da semana foi com o rapper Mattenie, a respeito de sua polêmica música "Seja Você O Seu Deus", que fará parte da Mixtape "Outro Plano".

Sobre o Mattenie

Lado C:  Quando e como você entrou para o ramo musical?

Mattenie: Não sei dizer com exatidão o momento em que conheci de perto a música, mas acredito que minha vó tenha uma enorme responsabilidade por isso. Cresci ao lado dela ouvindo desde Elis Regina até um pouco de música clássica como Tchaikovsky. Agora me lembro que decidi me dedicar a fazer RAP após assistir pela primeira vez 8 Mile, esse filme mudou minha vida musical.

Lado C: Quais foram os primeiros músicos que você conheceu através do RAP?

Mattenie: Acho que como todos os brasileiros foi Racionais Mc´s, me lembro que na época eles haviam lançado o "Sobrevivendo no Inferno" e aquela temática do disco me chamou a atenção por ser algo que até então eu não conhecia como uma realidade vivida pela maioria dos brasileiros.

Lado C: Você tem ou participa de algum projeto além do RAP em si, como projetos com bandas, venda de beats etc?

Mattenie: Admiro muito quem rege o Fruit loops, me arrisquei algumas vezes mas assumo que meu forte é com a poesia. Escrevo bastante coisa que não vira rap em si, talvez um dia venha a lançar um libro, mas hoje isso não é algo concreto.

Sobre a música "Seja Você O Seu Deus"

Lado C: Quando a letra foi feita e como surgiu a ideia?

Mattenie: Se não me falha a memória escrevi-a entre abril e maio de 2013, logo após realizar a leitura do "Assim falava Zaratustra - F. Nietzsche". No livro ele prega a ideia de "Super-Homem" ou o "Além do homem" impondo à raça humana sua superioridade, sua auto-suficiência e independência. A frase "Deus está morto!" é uma das mais famosas do livro e também explica o refrão da música, "Veja o que disseram ao Mateus - Mataram Deus!".

Lado C: Quem foi responsável pela produção instrumental, captação de áudio, arte e outras coisas do som?

Mattenie: A produção da música ficou por conta do Cauê "The Munir" Fernandes que também é o responsável pela produção de todas as faixas da mixtape. A captação e mixagem foram feitas em Pindamonhangaba - SP no estúdio Mr. Fish (Rafael Mudo).

Lado C: Como você resumiria a ideia que o som transmite?

Mattenie: Sinceramente é uma das minhas músicas favoritas exatamente pela força que a ideia dela passa. Vivemos hoje em um mundo onde tudo é mídia e todos estão tentando lhe empurrar algo, seja para comprar, seja para crer.  Nisso a verdade se perde.  Tento ensinar o que eu aprendi com o livro, que nós não podemos fugir de nossa natureza por acreditar que existe uma "pós-vida" ou que se você pecar em algo e não se arrepender você irá para o Inferno. A igreja é uma forma de governo e também está se desestruturando devido a falta de coerência no que nos é ensinado comparado ao que é visto e vivido hoje. - "era pra ser missão e virou profissão"

Música:

Minha Opinião:
A música apresenta um ponto de vista diferente do geralmente encontrado entre os músicos, mostrando o outro lado da história e mantendo a originalidade ao apresentar seu pensamento crítico. O beat ajuda a criar um clima que combina totalmente com a mensagem do som, o clipe, provocativo, gerando um resultado poético e pensante.
Trecho mais marcante:
"Ouvir uma música, pensar, abrir um livro: Já são três motivos pra você estar vivo. Pense nisso!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário