segunda-feira, 26 de maio de 2014

Lado C Entrevista: Marcão Baixada - Baixada Em Cena

Saudações a todos, a entrevista da semana é com um dos maiores representantes do Rap da Baixada Fluminense: Marcão Baixada. A entrevista foi a respeito de sua música e clipe "Baixada Em Cena".

Sobre o Marcão Baixada:

Lado C: Quando e como você entrou para o ramo musical?

Marcão Baixada: 2003, pra 2004. Comecei tocando guitarra e percussão na igreja.

Lado C: Quais foram os primeiros músicos que você conheceu através do RAP?

Marcão Baixada: Os primeros musicos que conheci pessoalmente foram meu tio-avô, Nelson, que tocava saxofone e meu tio Gilson que toca cavaquinho. E os músicos dos ministérios de música da igreja que eu frequentava.

Lado C: Você tem ou participa de algum projeto além do RAP em si, como projetos com bandas, venda de beats etc?

Marcão Baixada: No momento tenho meu trabalho sólo e faço parte de um coletivo de rimas chamado #ComboIO, ao lado de Dudu de Morro Agudo e Léo Da XIII. Estou participando de um novo projeto ao lado de MC Aori, DJ Babão e BLUNTZILLA e tambem vendo beats.

Sobre a música "Baixada Em Cena"

Lado C: Quando a letra foi feita e como surgiu a ideia?

Marcão Baixada: A Música "Baixada Em Cena" faz parte de uma coletânea de mesmo nome que reuniu vários MCs da Baixada Fluminense. Eu peguei a ideia do projeto e quis fazer algo que fosse o carro-chefe do CD.

Lado C: Quem foi responsável pela produção instrumental, captação de áudio, arte e outras coisas do som?

Marcão Baixada: A produção instrumental ficou por conta do Ualax MC, a captação, mixagem e masterização foi feita pelo Blahka Tao, na Umdergrau Records.

Lado C: Como você resumiria a ideia que o som transmite?

Marcão Baixada: Cara, a ideia do som é trazer um sentimento de pertencimento e identificação com o lugar em que você vive, sem negar suas origens, suas crenças, suas convicções e toda a sua herança cultural; é poder dizer que você tá aqui na Baixada Fluminense; e tá em ação, tá em atividade, fazendo algo que você acredita ser bom pra você e pro lugar em que você vive. É isso.

Música:

Minha opinião:
O som teve uma ótima produção geral, nos samples, scratches e o clipe também foi algo que não decepcionou em nada. A letra, como o comum de Marcão Baixada, transmite mensagens de maneira original, ainda que na simplicidade do flow, chegando a fazer algumas descontraídas, como a comparação entre Jim Carrey e Eddy Murphy. Um som com uma vibe que não te deixa cansar de ouvir.
Trecho mais marcante:
"Se tem bala, muito cuidado onde atinge
Pique trem bala, se tem lei é porque tem quem infringe"

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Pré e Pós - Marcelo D2

Saudações a todos, o "Pré e pós" da semana é sobre o rapper que encontrou a considerada "batida perfeita", unindo o RAP nacional ao ritmo do samba de raiz. O antigo membro do grupo "Planet Hemp": Marcelo D2.

Pré: Planet Hemp - Legalize Já
"Legalize Já" é a faixa 3 do álbum "Usuário", lançado em 1994.

Pós: Marcelo D2 - Á Procura Da Batida Perfeita
"Á Procura Da Batida Perfeita" é a faixa 2 do álbum "Perfil", lançado em 2007.

Melhor música, na minha opinião:
Marcelo D2 e Will.I.Am - CB [Sangue Bom]

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Em Comum - Melodia

Saudações a todos, o "Em Comum" da semana mostrará alguns RAP's com uma característica que supostamente iria contra uma das principais características do RAP: A melodia na voz. É notável o quanto o RAP é um gênero discursivo; todavia, a simplicidade do mesmo cria uma ausência de regras que possibilita que os MC's sejam criativos ao criar e acrescentar características que deem originalidade a seus sons.
Segue abaixo os 3 RAP's "Em comum" selecionados:

1) Pachá - Espelho Meu

2) Rael da Rima e Emicida - Num É Só Ver

3) Liink - Novos Ciclos

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Lado C Entrevista: ThiagoSkp - Espírito Poeta

Saudações a todos, a entrevista da semana foi com um dos que considero os melhores poetas do atual cenário do RAP nacional: ThiagoSkp.

Sobre o ThiagoSkp

Lado C: Quando e como você entrou para o ramo musical?

ThiagoSkp: Sempre gostei muito de ouvir musica, minha mãe sempre ouvia dentro de casa Tim maia, João Nogueira, varias referencias foda. Na escola que estudei na segunda serie a gente tinha uma banda, coisa de menino, cantava legião urbana, titãs, escrevia algumas situações que aconteciam na escola e transformava em musica, sempre tive banda quando era criança, O primeiro RAP que escrevi em 2006 , 2007 fundei o grupo Underground Cia no qual lançamos uma mixtape ''sentimentos'' e o grupo durou ate final de 2011, dai em 2012 iniciei meu trabalho solo.

Lado C: Quais foram os primeiros músicos que você conheceu através do RAP?

ThiagoSkp: Conheci muita gente boa através do RAP, como musico e como pessoa, mas o primeiros assim nao lembro exatamente quais.

Lado C: Você tem ou participa de algum projeto além do RAP em si, como projetos com bandas, venda de beats etc?

ThiagoSkp: Tenho o sarau essência na cidade de Itabira, que acontece uma vez por mês em algum bairro onde levamos show de RAP dando espaço a novos grupos, distribuição de livros. Tem o projeto das palestras onde vou em escolas carentes explicando oque é o RAP na minha visão o seu poder de mudança e a importância do brilho interior era da ostentação. Também  tenho meu projeto pessoal, todo dia vendo meu disco na rua independente de onde estiver, tenho uma promessa comigo mesmo que todo dia tenho uma meta pra expansão da mensagem.

Sobre a música "Espírito Poeta"

Lado C: Quem foi responsável pela produção instrumental, captação de áudio, arte e outras coisas do som?

ThiagoSkp: A produção ficou por conta do Kadu beats de Joinville, lancei uma promoção na net na qual o beatmaker interessado em fazer um trabalho comigo deveria me mandar seu beat e eu escolheria Vários beatmakers pesados, máximo respeito a todos que participaram!! Dessa vez escolhi a do kadu e fiz a letra em cima. A arte ficou por conta do Lado Sujo da Frequência, a captação foi feita no wave estúdio e a faixa foi mixada e masterizada pelo Luiz Café.

Lado C: Quando a letra foi feita e como surgiu a ideia?

ThiagoSkp: A data exata nao recordo, mas foi quando fiz a promoção dos beats, assim que recebi o beat do Kadu comecei a escrever e deixei fluir da forma mais natural possivel, sem forçar a arte. A ideia veio junto com o sentimento que o beat transmite, recebi a energia do beat do Kadu e só transformei em versos, só trouxe a vista os versos que ja estava escondidos naquele beat foda! Parabens e muito obrigado ao kadubeats pelo beat, quem nao conhece o trampo do mano vale a pena conhecer.

Lado C: Como você resumiria a ideia que o som transmite?

ThiagoSkp: São varias ideias que servem como caminhos diferentes pra um só objetivo,a evolução espiritual. E como faço da poesia o veiculo pra minha evoluçao espiritual e tambem para transmitir e receber energia nada mais justo que o nome do som ser espirito poeta. E todo dia tem varias coisas pequenas que passam batidas aos nosso olhares, e tento mostrar o efeito da falta da percepção dessas pequenas coisas. A poesia está em tudo, o poeta decifra. Transforma em versos oque já existe mas um olhar raso não percebe, então nós que temos a sensibilidade de perceber isso transformamos em palavras o sentimento, que acaba mostrando um outro ponto de vista pra quem ta ouvindo, talvez um novo caminho pra mudança. Na minha visão nossas palavras pesam mais que a gente pensa.
Muito obrigado. A essência vive!

Música:

Minha Opinião:
De todo o trabalho do Skp que tenho acompanhado, considero este o que mais se destaca em qualidade, tanto na letra, que mantém a mesma qualidade poética do músico, quanto na levada, jogos de rima e no beat, que se encaixou perfeitamente. Pesado e poético.
Trecho mais marcante:
"Inimigo de verdade, aliado fictício, acham que tão voando, caindo de um precipício"

domingo, 4 de maio de 2014

Pré e Pós - MV Bill

Saudações a todos, o Pré e Pós da semana é sobre um dos músicos mais vivenciados do RAP nacional: O clássico e pesado MV Bill.

Pré: MV Bill - Contraste Social
"Contraste Social" é a faixa 9 do álbum "Traficando Informação", lançado em 1999.

Pós: MV Bill - Vivo
"Vivo" é a faixa 2 do álbum "Monstrão", lançado em 2013.

Melhor música, na minha opinião:
MV Bill - Causa E Efeito

Lado C no Facebook: https://www.facebook.com/blogladoce

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Em Comum - Humor no RAP

Saudações a todos, a coluna "Em Comum" da semana é sobre algo que diferencia e cria certa originalidade dentro do RAP nacional: O humor. Sabe-se que o RAP é um gênero enraizado nos manifestos, mas também que não existem muitas fronteiras e limitações para o mesmo: Pode ser feito com bandas ou beats, misturado com outros gêneros, falar de amor ou de ódio... E, assim sendo, por que não variar e criar algo divertido dentro do mesmo? Então, eis alguns dos melhores RAP humorísticos.

Walli Indigesto - Meio Confuso

Mussoumano e O Metaleiro - Counter-Strike (CS) RAP

De Leve e DJ Castro - A Lenda

Lado C no Facebook: https://www.facebook.com/blogladoce