segunda-feira, 28 de abril de 2014

Lado C entrevista: Oldi - Breve Delírio

Saudações a todos, a entrevista da semana foi com o músico Oldi, de Juiz de Fora, sobre a música e clipe "Breve Delírio".

Sobre o Oldi

Lado C: Quando e como você entrou para o ramo musical?

Oldi: Bom meu primeiro contato com a música foi através da poesia, sempre gostei de escrever e quando eu tinha uns 13 anos já traçava meus primeiros poemas. Após escutar RAP pela primeira vez pensei: Acho que minhas poesias podem se tornar estes versos ritmados…não deu outra, pouco tempo depois já iniciava meu trabalho como MC.

Lado C: Quais foram os primeiros músicos que você conheceu através do RAP?

Oldi: Os primeiros músicos foi na época que eu frequentava a igreja, criei uma letra em homenagem ao dia das mães e trabalhamos um instrumental com banda, tudo meio de improviso. Mas quem eu considero que me passou a visão de como rimar e manter uma levada, foi meu primeiro companheiro de grupo (antiga Base Rap), Mc Lobão.

Lado C: Você tem ou participa de algum projeto além do RAP em si, como projetos com bandas, venda de beats etc?

Oldi: Eu participo de uma produtora audiovisual chamada Baione. Além disso realizo também um trabalho como produtor cultural e agente militante do Hip Hop através do Encontro de Mc's, um movimento independente que produzimos aqui em Juiz de Fora. Com banda já tive algumas experiências, mas acredito que o grande momento com músicos e etc está acontecendo, mas ainda são os primeiros passos do projeto.

Sobre a música "Breve Delírio"

Lado C: Quando a letra foi feita e como surgiu a ideia?

Oldi: Breve delírio foi se não me engano, a segunda música do CD que estou finalizando, a ideia surgiu de forma mais utópica possível, desejar amores que são inalcançáveis ou não tiveram um desfecho como o pretendido. Acredito que todo mundo vive uma situação parecida, pode passar o tempo mas as lembranças sempre ficam marcadas…de um jeito ou de outro.

Lado C: Quem foi responsável pela produção instrumental, captação de áudio, arte e outras coisas do som?

Oldi: A produção do instrumental ficou por conta do Zinho Beats, captação e mixagem ficou no cargo do Morf (salve DDP). O videoclipe foi a nossa produtora independente que realizou, Baione Studio.

Lado C: Como você resumiria a ideia que o som transmite?

Oldi: Acredito que quando se ama, se gosta…ou simplesmente se apaixona, devemos correr atrás e tentar viver a fundo aquela situação. No caso de Breve Delírio existiu a emoção, os encontros e lembranças, mas era necessária a ruptura, tendo em vista que uma das partes não estava de acordo com a união. Sou sempre a favor da insistência caso exista sentimento verdadeiro, mas o importante deste caso é sempre respeitar a decisão do outro. Claro que esta decisão não vai impedir os delírios…recheados de vivências. A porta de relacionamentos mal resolvidos nunca se fecha, sempre fica entreaberta.

Música:

Minha opinião:
A letra da música trás um tema geral não muito incomum, porém passado de uma maneira e ponto de vista totalmente originais. As vozes de fundo no beat, a baixa velocidade com que é cantada e principalmente o clipe tornam "Breve Delírio" uma música extremamente expressiva.
Trecho mais marcante:
"Não percebeu o mensageiro e sua mensagem
O escrito que te amava hoje passa pela reciclagem"

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Pré e Pós - Kamau

Saudações a todos, o Pré e Pós da semana mostrará o "antes e depois" de outro dos músicos mais clássicos do RAP nacional: Kamau, antigo membro do grupo Consequência.

Pré: Consequência - Numtointendendu
"Numtointendendu" faz parte do EP "Prólogo", lançado em 2002.

Pós: Kamau - Por Onde Andei

"Por Onde Andei" faz parte do EP "Entre", lançado em 2012.

Melhor música, na minha opinião:
Kamau - (Eu Quero) Mais

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Em Comum - RAP serrano

Saudações a todos, o "Em Comum" da semana será sobre RAP's que representam a Região Serrana do Rio, vindos das cidades de Petrópolis e Teresópolis.

1) Nego Preto, DTK e ManoJoe - A Voz Da Rua

2) Tajó P e Lucas Coquinho - Viva A Serra

3) ADL MC's - Toal Proibido

terça-feira, 22 de abril de 2014

Lado C Entrevista: F2L (EfiDoisEle) - Visão

Saudações a todos, a entrevista dessa semana foi com o rapper F2L, sobre seu trabalho geral e a música "Visão".

Sobre o F2L

Lado C: Quando e como você entrou para o ramo musical?

F2L: Quando eu tinha 17 anos montei uma banda com mais 3 amigos da escola pra participar de um festival. Ganhamos o festival, a banda acabou meses depois, mas eu já tinha decidido que queria fazer música... Passei por muitas bandas de rock onde eu sempre fiz o papel de emecee. Sempre ouvindo Rap, por fim as bandas se foram, hoje sigo rimando...

Lado C: Quais foram os primeiros músicos que você conheceu através do RAP?

F2L: Cara, os primeiros foram os 3 amigos da minha primeira banda.
Bruno - Guitarra
Dijean - Conta-Baixo
Daniel - Bateria

Lado C: Você tem ou participa de algum projeto além do RAP em si, como projetos com bandas, venda de beats etc?

F2L: Não participo de nenhum projeto. Tenho algumas idéias, alguns planons pra sair mas por hora não.

Sobre a música "Visão"

Lado C: Quando a letra foi feita e como surgiu a ideia?

F2L: A letra foi feita em 7 de setembro de 2013. A idéia surgiu da gíria que alguns amigos no Rap usam pra ressaltar algo ou alguma idéia que "te faz enxergar a frente".

Lado C: Quem foi responsável pela produção instrumental, captação de áudio, arte e outras coisas do som?

F2L: Eu produzi o instrumental, e a parte de gravação, mixagem e masterização fiz junto com meu amigo e produtor Iago Suarez no home-studio dele.

Lado C: Como você resumiria a ideia que o som transmite?

F2L: Visão no sentido da música é mais que um dos 5 sentidos, mas é um sentido pra fazer o que fazemos que é música e as mensagens que algumas dessas músicas levam. Acima de tudo é uma música sobre questionamento, união e trabalho.

Música:

Minha opinião:
Visão é o tipo de música que apresenta certa originalidade sem se afastar das raízes, apresentando versos com conteúdo poético, e ainda assim mantendo o peso do RAP nacional, além das consideráveis mudanças e variações do beat, que se encaixa perfeitamente com o conteúdo.
Trecho mais marcante:
"Se Deus é onipresente então nós somos o quê? Se Deus é oniciente então a mídia é o quê? Se Deus é onipotente então o estado é o quê?"

Contatos com F2L:
www.facebook.com/Efidoisele
www.youtube.com/Efidoisele
www.twitter.com/Efidoisele
www.Instagram.com/Efidoisele

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Pré e Pós - Gabriel O Pensador

Saudações a todos, o Pré e Pós de hoje é sobre um dos músicos mais clássicos da história do RAP nacional: Gabriel O Pensador.

Pré: Gabriel O Pensador - Lavagem Cerebral
"Lavagem Cerebral" é a faixa 5 do disco "Gabriel O Pensador", lançado em 1993.

Pós: Gabriel O Pensador - Nunca Serão
"Nunca Serão" é a faixa 7 do CD "Sem Crise", lançado em 2012.

Melhor música, na minha opinião:
Gabriel O Pensador - Até Quando?

Em Comum - Banda + DJ

Saudações a todos, o "Em Comum" desta semana reuniu alguns RAPs cantados ao som se uma banda e um DJ, algo que enriquece muito musicalmente o gênero, unindo a poesia à essência da música instrumental, seja unindo ao rock, ao reggae, ao samba ou a qualquer gênero.

1) Mão de Oito, Kamau, Emicida e DJ Nyack - Beats

2) Rael da Rima - O Hip Hop É Foda

3) RAPadura Xique Chico - Baião de Dois
Ouvir: https://www.youtube.com/watch?v=vXHUnio6MZ8

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Lado C entrevista: Átomo - Nêutrons

Saudações a todos, a primeira entrevista do blog é com o músico Átomo, a respeito de seu trabalho geral e de sua música nomeada "Nêutrons".

Sobre o Átomo

Lado C: Quando e como você entrou para o ramo musical?

Átomo: Em 1997, quando juntamente com amigos formei o U-Sal.

Lado C: Quais foram os primeiros músicos que você conheceu através do RAP?

Átomo: B.Boy Gero do Artigo Definido, Da Baixa, Marcello Comuna, Kappela, Dudu de Morro Agudo, Fator Baixada, Léo da XIII etc.

Lado C: Você tem ou participa de algum projeto além do RAP em si, como projetos com bandas, venda de beats etc?

Átomo: Sim, algumas poesias minhas seram publicadas esse ano num livro com vários outros autores, também as divulgo em sites destinados a esse fim. Faço beats, entretanto, dificilmente vendo, pois não faço por encomenda, só faço do modo que eu gosto, e esse modo é bem impopular.

Sobre a música "Nêutrons"

Lado C: Quando a letra foi feita e como surgiu a ideia?

Átomo: A ideia surgiu em 2010, quando eu notei que tinha muita música pronta, e arranjei um modo de classificá-las para lançar em discos, e esse modo foi dividindo como as partículas do Átomo: Elétrons, prótons e neutrôns. E como eu tinha mais músicas que se encaixavam na partícula neutron, decidi que uma música com esse nome viria bem a calhar, e chamei o Slow da BF, um dos maiores mc's que conheço.

Lado C: Quem foi responsável pela produção instrumental, captação de áudio, arte e outras coisas do som?

Átomo: Com exceção do desenho da capa que foi feito por Luiz Severino e a parte da letra do Slow, eu fiz tudo, ainda estava aprendendo a mixar e masterizar, mas ficou audível.

Lado C: Como você resumiria a ideia que o som transmite?

Átomo: A ideia do neutron, não negativo como o elétron e nem positivo como o prótons. E aquele dia que você não quer tomar partido de nada, não quer ser pró e nem contra nada, não quer emitir opinião nenhuma, quer ficar neutro.

Música:

Minha opinião:
O resultado final da música ficou muito bem harmonizado, tanto em sua mensagem quanto no beat utilizado e no flow que aparenta ser uma mistura de prosa e poesia.
Trecho mais marcante:
"Nem verde ou maduro, não to em cima do muro quando não tenho opinião formada
Não trata-se de estar confiante ou inseguro, às vezes quero apenas fazer a cama no vácuo entre o tudo e o nada"

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Pré e pós - De Leve

Saudações a todos! O primeiro "Pré e pós" do blog é sobre um músico que se destaca em jogos de rima e raps humorísticos: De Leve, o antigo membro do grupo Quinto Andar.

Pré: De Leve - Largado
"Largado" é a faixa 2 do EP "Introduzindo De Leve", lançado em 2001.

Pós: De Leve - Estalactite
Single lançado por De Leve em Fevereiro de 2014, depois de ter sua carreira temporariamente interrompida.

Melhor música, na minha opinião:
De leve - Isso sim é uma piada